Detalhes da Notícia
As viagens não seriam as mesmas sem eles!
Agentes de turismo comemoram seu dia sob aplausos do turismo brasileiro
Todos gostam de viajar, conhecer estados, países e novas culturas, não é? Sem falar das reservas de hospedagens, transporte turístico terrestre, locação de automóveis, operação de pacotes, cruzeiros marítimos, entre outros, sempre providenciados. Os responsáveis por este trabalho para que você tenha tranquilidade no passeio são os agentes de viagens, os homenageados deste domingo (22).

Com o objetivo de fomentar o turismo nacional e promover o setor, eles são de extrema importância. Espalhados por todo o Brasil, os agentes de viagens levam os brasileiros para os mais diversos cartões-postais, daqui e do mundo. Um agente de turismo é responsável por toda a logística de uma viagem. Passagens, hotéis, transportes, roteiros e informações sobre o destino procurado são algumas das suas atribuições.
“Esse dia é de reconhecimento à grande atuação e à presença nos diversos setores que resultam no sucesso do turismo brasileiro. Sem eles, não estaríamos com esse crescimento nacional e internacional”, afirma o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

Antônio Veloso, sócio-proprietário da agência de turismo Velôso Vip Tour e atuante no mercado há 15 anos, ressalta a importância do turismo receptivo. “É necessário mostrar aos visitantes como o país está preparado, por isso precisamos qualificar os profissionais que já estão neste mercado. Os que entrarão devem estar minimamente capacitados com outros idiomas e com o conhecimento da localidade turística em que vivem”. Ele lembra que o turismo tem relação com o civismo das pessoas e, principalmente, com o amor pela profissão. “Existem pessoas que moram há anos em Brasília e nunca visitaram alguns pontos turísticos da cidade, mas quando viajam para o exterior conhecem museus, palácios e outros locais”.

Para a agente de turismo da Maiorca Turismo, Jeane Braúna, que trabalha há 26 anos na profissão, o turismo é sempre uma atividade prazerosa: quanto mais se convive no meio, mais perto a pessoa quer ficar. “Desde o meu primeiro emprego, aos 17 anos, sinto essa realização por saber que fiz de muitas viagens momentos de alegria para casais, amigos e familiares”. Braúna avisa que o turismo não tem fim, pois em qualquer local sempre há novas atrações a serem visitadas e experiência a serem vivenciadas.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Agência de Viagens (Abav), Antônio Azevedo, atualmente as agências de viagens mantêm cerca de 65 mil empregos diretos e mais de 200 mil indiretos. “O agente é o principal elo da cadeia produtiva do turismo, pois consegue ter a coordenação de todos os segmentos. As agências vendem cerca de 80% dos produtos turísticos do Brasil”. Ele também ressalta que a tendência é de que o agente, além de vendedor das viagens, seja um realizador de sonhos: “Os clientes quando decidem viajar querem conhecer culturas, praias e museus, entre outros. Por isso, é necessário realizar todas as suas vontades”.

Sobre a parceria com o MTur, Azevedo cita a audiência pública com o ministro Gastão Vieira, em março deste ano: “Discutimos diversos temas a serem desenvolvidos: o sucesso do turismo será sempre completo quando a iniciativa privada e o poder público estiverem afinados”.

Fonte: MTur
Notícia Postada em 23/04/2012  

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados www.paralellotour.com.br